Compartilhar Notícia

Iniciativas recentes de órgãos governamentais incentivam o uso de veículos com tecnologia híbrida, como o Prius, modelo comercializado pela Toyota no País desde 2013.

Duas importantes iniciativas de governos municipais do Estado de São Paulo colocaram a tecnologia híbrida de veículos no centro das atenções nos últimos dias. A Prefeitura de São Paulo passou a abrir mão de 100% de sua quota-parte do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), o que, na prática, garante 50% de desconto do valor do imposto ao proprietário de um carro híbrido. Já a Prefeitura de Sorocaba apresentou parte de sua nova frota de táxis para a cidade, que passa a contar, pela primeira vez na história, com veículos híbridos elétricos para atender os passageiros, dentre eles o Toyota Prius.“Como líder na introdução da tecnologia híbrida no Brasil, a Toyota comemora o pioneirismo do Estado de São Paulo, por meio das prefeituras da capital e de Sorocaba, no apoio à disseminação de novas tecnologias automotivas para benefício do meio ambiente e de eficiência no consumo de energia, proporcionando melhor qualidade de vida a todos”, afirma Ricardo Bastos, diretor adjunto de Relações Públicas e Governamentais da Toyota do Brasil.O IPVA é um imposto estadual pago anualmente pelo proprietário de todo e qualquer veículo automotor. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, as alíquotas do imposto variam de 1,5% a 4% sobre o valor venal do veículo, a depender de sua categoria. Do total arrecadado, 50% cabe ao estado e 50% ao município onde ocorreu o emplacamento.O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, assinou o decreto de regulamentação da Lei no 15.997, sancionada em maio de 2014, a fim de viabilizar incentivos ao uso de uma frota não poluente. Com isso, a prefeitura devolverá ao contribuinte 100% da sua quota-parte. Essa devolução será feita mediante requerimento do proprietário e funcionará de modo semelhante ao da Nota Fiscal Paulistana, com o pagamento sendo efetuado, obrigatoriamente, mediante crédito em conta corrente de titularidade do proprietário ou arrendatário mercantil do veículo quando gerado o imposto.A Prefeitura de Sorocaba também deu um importante passo na disseminação da tecnologia híbrida na cidade. Pela primeira vez na história, o município conta com uma frota de táxis de nove veículos híbridos, dos quais sete são do modelo Toyota Prius, em novas licenças concedidas para automóveis de tecnologia limpa. Com isso, espera-se uma redução do consumo de combustível e, consequentemente, da emissão de gases de efeito estufa em Sorocaba. Segundo a própria prefeitura, 52,9% do total de emissões da cidade é causado pelo setor de transporte.Vendas do Toyota PriusO Toyota Prius, veículo híbrido de maior sucesso em todo o mundo e o único do tipo comercializado pela montadora no Brasil, vem obtendo grande sucesso de vendas em 2015 no cenário nacional. No acumulado de janeiro a julho deste ano, 109 unidades do Prius foram licenciadas, número 43,2% superior ao que foi vendido durante todo o ano de 2014 (76 unidades). Atualmente, a Toyota está oferecendo condição exclusiva de financiamento para aquisição do Prius. Com entrada de 60%, o cliente poderá dividir em até 24 vezes o saldo restante do veículo a uma taxa de juros prefixada de 0% ao mês. A primeira parcela tem vencimento para 30 dias.Desde seu lançamento no País, em janeiro de 2013, a Toyota já comercializou 509 unidades do Prius. O modelo tem preço sugerido de R$ 114.350,00.8 milhões de veículos híbridosA Toyota ultrapassou a marca dos 8 milhões de veículos híbridos vendidos em todo o mundo em 31 de julho de 2015. O número histórico foi atingido apenas 10 meses após a montadora ter registrado 7 milhões de automóveis híbridos comercializados.A família Prius representa o maior número de unidades vendidas em todo mundo, com 5,2 milhões de automóveis negociados, algo em torno de 65% do total de híbridos vendidos pela marca.Impacto AmbientalA Toyota calcula que, desde 1997, com a chegada do Prius ao mercado, até 31 de julho deste ano, os veículos híbridos da marca resultaram na redução de 58 milhões de toneladas de CO2 que seriam emitidas na atmosfera, caso fossem utilizados veículos movidos a gasolina de tamanho similar e performance de condução. A empresa também estima ter salvado cerca de 22 milhões de quilolitros de gasolina em comparação com a quantidade utilizada por automóveis a gasolina de mesmo porte de um híbrido.A Toyota tem posicionado seu portfólio de veículos híbridos, que permitem o uso de diferentes combinações de combustíveis, como tecnologias ambientais centrais para o século XXI. A montadora planeja continuar trabalhando para melhorar ainda mais o desempenho, reduzir custos, e expandir seu portfólio de produtos sustentáveis — incluindo carros não híbridos mais favoráveis ao meio ambiente – a fim de criar veículos de alcance popular entre os consumidores.

Publicada em 25/09/2015 - 15:43 por Toyota

Setembro/2015