Compartilhar Notícia

A marca nipónica vale 48.709 milhões de euros - representa um aumento de nove por cento face ao ano anterior.

São quinze os fabricantes de automóveis que surgem no ranking das 100 marcas mais valiosas do mundo em 2016, elaborado pela consultora "Interbrand". Numa tabela liderada pela gigante tecnológica Apple, a melhor das marcas de automóveis é a Toyota, que aparece na quinta posição geral. Mas a grande novidade desta lista é a Tesla, que pela primeira vez entra "nestas contas" e surge a fechar a lista. 

TOYOTA. A marca nipónica vale 48.709 milhões de euros - representa um aumento de nove por cento face ao ano anterior - e assume-se, de forma clara, como a marca mais valiosa do ramo automóvel. Na segunda posição (nono lugar na geral) surge a Mercedes-Benz (subida de 18 por cento), com uma "avaliação" de 39.536 milhões de euros. 

O terceiro construtor automóvel mais valioso é a BMW, que ocupa a 11ª posição geral e mantém o posto que ocupava no ano passado. A fabricante germânica está avaliada em 37.759 milhões de euros, o que representa um aumento de 12 por cento relativamente ao ano transacto. 

O quarto fabricante automóvel é a Honda, na posição 21, com um valor de 20.096 milhões de euros, o que comparativamente ao ano anterior representa uma descida de quatro por cento. Na posição 33 aparece a Ford, que cresceu 12 por cento e passa a estar avaliada em 11.783 milhões de euros. 

A sul-coreana Hyundai registou uma valorização de 11 por cento (11.406 milhões de euros) e surge na posição 35, à frente da Audi (posição 38), que vale 10.726 milhões. A Volkswagen "só" aparece na posição 40 e registou a décima maior descida da lista (menos nove por cento), acusando o "Dieselgate". 

Publicada em 11/10/2016 - 11:14 por Exame

Outubro/2015