Compartilhar Notícia

Hoje, o Prius é o único híbrido da marca Toyota vendido por aqui, a R$ 126,6 mil.

Pioneira na produção em larga escala de automóveis híbridos, ao lançar em 1997 a primeira geração do Prius, a Toyota anunciou que já comercializou, nesses 20 anos, mais de 10 milhões de veículos equipados com a tecnologia - que combina motores a combustão e elétrico, com foco na redução de emissões e consumo de combustível.

A marca histórica inclui desde híbridos convencionais, que recarregam as baterias exclusivamente reaproveitando a energia cinética em frenagens e desacelerações, até os do tipo "plug-in", que também permitem recargas em tomada.

Estimativas da Toyota apontam que a frota global de híbridos evitou a emissão de 77 milhões de toneladas de dióxido de carbono, e resultou na economia de 29 bilhões de litros de gasolina.

Parece muito -- e é, em números absolutos --, mas se relativizarmos com o quanto o mundo consome... Só no Brasil, por exemplo, são cerca de 140 bilhões de litros de combustível usados anualmente. Ou seja: em duas décadas os híbridos da Toyota pouparam 20% do que o Brasil, sozinho, consome em um ano.

Outros dados

Segundo a fabricante, só no ano passado foram vendidos 246 mil híbridos de marcas que pertencem ao grupo (como a Lexus) no mundo, volume que corresponde a cerca de 13% de suas vendas globais de automóveis.

Do total de unidades comercializadas, 3 milhões tiveram como destino os Estados Unidos, país onde o Prius caiu no gosto de de artistas, descolados e clientes preocupados com questões ambientais.

Enquanto o primeiro Prius prometia consumo médio de 14,9 km/l, a mais recente geração -- recentemente lançada no Brasil -- é capaz de alcançar 18,9 km/l, segundo medição do Programa de Etiquetagem do Inmetro.

Hoje, o Prius é o único híbrido da marca Toyota vendido por aqui, a R$ 126,6 mil. Além dele há o Lexus CT200h, cuja base é do Prius antigo.

Publicada em 20/02/2017 - 10:59 por UOL