Compartilhar Notícia

Conceito que busca reinventar cultura automotiva estará no Salão de Tóquio.

A Toyota quer modernizar a cultura hot rod. E embora pareça uma missão impossível - tornar mais contemporânea uma prática que tem como principal força a admiração de carros clássicos - a marca japonesa está tão comprometida que criou um conceito baseado na ideia. o Toyota Kikai será uma das atrações do Salão de Tóquio desde ano, que começa no fim de outubro. E deve causar discussões.

A ideia do conceito é enfatizar "o apelo fundamental das máquinas", ou seja, expor tudo aquilo que a carroceria costuma esconder, além de tornar visualmente complexo o funcionamento de diversos componentes. Tudo muito legal, na teoria, e de aparência bem estranha, na prática.

Por falar em prática, o Kikai tem lugar para três ocupantes, com o motorista sentado sozinho à frente e ao centro. Desta posição, é possível observar por pequenas janelas no assoalho o funcionamento das suspensões sobre irregularidades do piso. Todos os mostradores do painel são estilo retrô, assim como o estilo do volante de três raios.

Polêmico ou não, o Kikai não tem nenhum plano de chegar às ruas. A Toyota afirma que é, de fato, apenas um estudo. A nota que ele vai levar é que vai depender do público.

Publicada em 08/10/2015 - 16:34 por Autoesporte

Outubro/2015